14 de maio de 2012

Poesia numa monótona Segunda

Hey!

Minha semana começou muito bem ao que parece,algumas coisas para fazer,muitos planos,e um clima de frio e chuva que eu amo bastante,minha cabeça fervendo de idéias novas para por em prática,acho que quando uma semana começa bem assim,as chances dela ficar ruim são bem pequenas,quase zero,espero estar certa sobre essa semana,aproveitando também para remexer em coisas antigas,ver boas lembranças de coisas que me definem de certa forma;hoje eu escolhi outro poema de Fernando Pessoa,que como sempre me deixou encantada e nada menos que isso.
É fácil trocar as palavras,
Difícil é interpretar os silêncios!
É fácil caminhar lado a lado,
Difícil é saber como se encontrar!
É fácil beijar o rosto,
Difícil é chegar ao coração!
É fácil apertar as mãos,
Difícil é reter o calor!
É fácil sentir o amor,
Difícil é conter sua torrente!

Como é por dentro outra pessoa?
Quem é que o saberá sonhar?
A alma de outrem é outro universo
Com que não há comunicação possível,
Com que não há verdadeiro entendimento.

Nada sabemos da alma
Senão da nossa;
As dos outros são olhares,
São gestos, são palavras,
Com a suposição
De qualquer semelhança no fundo.

Fernando Pessoa




Love,kisses & rockets
da Mandy

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são sempre bem vindos e ajudam no feedback do blog ♥
Comentário com conteúdo de baixo calão ou preconceituoso, serão excluídos.