4 de outubro de 2013

Especial Mês de Outubro - Primeira Semana: Filmes

Hey!

E hoje começa as postagens das semanas especiais do mês de Outubro. Eu separei alguns dos filmes que eu gosto do gênero terror/suspense/bruxas, alguns deles já foram resenhados aqui no blog, ou comentados, eu vou fazer apenas uma seleção de filmes com a sinopse e alguns dados sobre ele e um pequeno comentário meu sobre o filme, mas nada muito extenso.


O Estranho Mundo de Jack (1993)
Gênero: Comédia/Terror/Fantasia/Animação/Musical
Direção: Henry Selick
Sinopse: Jack Skellington (Chris Sarandon) é um ser fantástico que vive na Cidade do Halloween, um local cercado por criaturas fantásticas. Lá todos passam o ano organizando o Halloween do ano seguinte mas, após mais um Halloween, Jack se mostra cansado de fazer aquilo todos os anos. Assim ele deixa os limites da Cidade do Halloween e vagueia pela floresta. Por acaso acha alguns portais, sendo que cada um leva até um tipo festividade. Jack acaba atravessando o portal do Natal, onde vê demonstrações do espírito natalino. Ao retornar para a Cidade do Halloween, sem ter compreendido o que viu, ele começa a convencer os cidadãos a sequestrarem o Papai Noel (Edward Ivory) e fazerem seu próprio Natal. Apesar de argumentos fortes de sua leal namorada Sally (Catherine O'Hara) contra o projeto, o Papai Noel é capturado. Mas os fatos mostrarão que Sally estava totalmente certa.


Comentário: Começando por um filme que não poderia faltar de jeito nenhum na minha lista, meu filme sobre dia das bruxas e natal favorito, claro ele trás as minhas duas datas favoritas de feriados. Essa animação é muito fofa, estranha e também com uma pontinha de moral e uma lição sobre se aceitar como é.


O cemitério maldito (1989)
Gênero: Terror/Drama
Direção: Mary Lambert
Sinopse: Recentemente os Creeds se mudaram para uma nova casa nos arredores de Chicago. A casa é perfeita, exceto por duas coisas: os reboques, que vivem fazendo barulho na estrada, e o misterioso cemitério no bosque atrás da casa. Os vizinhos dos Creeds estão relutantes em falar sobre o cemitério e eles tem um bom motivo para tal comportamento. Gradativamente o casal toma conhecimento da verdade e ficam chocados ao saberem do perigo que seus filhos correm. Quando o gato da família morre atropelado, eles o enterram em um cemitério índio que tem o poder de ressuscitar o que for deixado naquele terreno, mas as conseqüências são inimagináveis.


Comentário: Assisti esse filme recentemente, e apesar da data que foi feito, a falta de recursos e tudo mais a história é bem interessante, as atuações são um pouco ruins, mas o filme em si é bom e se levar em conta o ano é uma ótima produção, e o gato é muito engraçado, talvez o melhor ator do filme todo.


Nosferatu (1979)
Gênero: Terror
Direção: Werner Herzog
Sinopse:Versão de Werner Herzog para o clássico de Bram Stoker. Jonathan Harker é um agente imobiliário que visita a Transilvânia para fazer um negócio, ignorando o mal presságio de sua esposa Lucy. Ele visita o castelo do Conde Drácula e acaba se tornando prisioneiro deste.


Comentário: Eu fiz uma resenha bem bacana sobre o filme aqui no blog, eu assisti ele semestre passado na faculdade, e como eu já adorava o Drácula de Bram Stocker não foi difícil amar essa versão do Herzog do vampiro e as cenas são ótimas, o elenco também, é um filme de terror grotesco.


Stigmata (1999)
Gênero: Terror/Suspense
Direção: Rupert Wainwright
Sinopse: Belo Quinto, uma fictícia cidade no sudeste do Brasil, recebe a visita do padre Andrew Kiernan (Gabriel Byrne), que foi mandado pelo Vaticano para investigar uma igreja que tem a estátua de uma santa que verte lágrimas de sangue. Lágrimas estas que começaram no dia em que o padre Paulo Almeida, o responsável pela igreja, morreu. Enquanto Kiernan fotografava a estátua, que sangrava, um garoto furta um rosário que estava junto do corpo do falecido e vende o terço para uma turista, que por sua vez manda de presente para Frankie Paige (Patricia Arquette), sua filha, que cabeleireira em Nova York. Em pouco tempo, ela passa a ser vítima de "estigmas", chagas idênticas às de Cristo, e Andrew Kiernan o encarregado de investigar o fenômeno. Inicialmente Kiernan descarta a possibilidade dos "estigmas", pois todos os "estigmatas" são pessoas bastante religiosas e Paige não acredita em Deus. Mas Kiernan vê o suficiente para quebrar os padrões estabelecidos pelo Vaticano, e acredita que se ele não fizer nada, Frankie pode morrer. Gradativamente, ele pass a suspeitar que seu superior, o cardeal Daniel Houseman (Jonathan Pryce), não quer que toda a verdade venha tona.


Comentário: Faz muito, mas muito tempo mesmo que eu vi esse filme, e me recordo muito pouco dele, mas me lembro que fiquei com medo e impressionada com ele, é uma história bem intrigante e bem feita, e depois de fazer essa lista vou procurar ele pra rever e relembrar várias coisas.


A chave mestra (2005)
Gênero: Suspense/Fantasia
Direção: Iain Softley
Sinopse: Caroline Ellis (Kate Hudson) é uma jovem que acompanha doentes terminais, com o objetivo de juntar dinheiro para poder cursar a escola de enfermagem. Em um de seus trabalhos ela aceita acompanhar um senhor inválido, Ben Devereaux (John Hurt), que mora com sua esposa Violet (Gena Rowlands) em um terreno isolado na cidade de Nova Orleans. O local é famoso pela quantidade de cerimônias místicas lá realizadas, mas Caroline não acredita nestas crendices. Ben sofreu um derrame recentemente, que o deixou praticamente paralisado e mudo. Para que Caroline possa percorrer a casa à vontade, Violet lhe entrega uma chave mestra que abre todas as portas. Porém em suas andanças ela encontra uma porta escondida, localizada atrás de uma estante e no fundo do sótão. Caroline abre a porta com a chave mestra e lá encontra várias antiguidades, espelhos que foram retirados de todos os demais cômodos e ainda artefatos aparentemente ligados à prática de algum tipo de magia.

Comentário: Eu já assisti esse filme algumas vezes, e confesso que não tenho medo, mas da aquela sensaçãozinha de incomodo ao assistir e uns leves sustos em algumas cenas de maiores tensões, mas é um filme bem legal, só acho que poderia ter abrangido mais a parte da magia e tudo mais.


O exorcismo de Emily Rose (2005)
Gênero: Suspense
Direção: Scott Derrickson
Sinopse: Emily Rose (Jennifer Carpenter) é uma jovem que deixou sua casa em uma região rural para cursar a faculdade. Um dia, sozinha em seu quarto no alojamento, ela tem uma alucinação assustadora, perdendo a consciência logo em seguida. Como seus surtos ficam cada vez mais frequentes, Emily, que é católica praticante, aceita ser submetida a uma sessão de exorcismo. Quem realiza a sessão é o sacerdote de sua paróquia, o padre Richard Moore (Tom Wilkinson). Porém Emily morre durante o exorcismo, o que faz com que o padre seja acusado de assassinato. Erin Bruner (Laura Linney), uma advogada famosa, aceita pegar a defesa do padre Moore em troca da garantia de sociedade em uma banca de advocacia. À medida que o processo transcorre o cinismo e o ateísmo de Erin são desafiados pela fé do padre Moore e também pelos eventos inexplicáveis em torno do caso.


Comentário: Esse filme me deixou bem impressionada, as cenas são bem fortes e o enredo muito bem construído, e nos faz pensar, pelo menos quem acredita, que pode acontecer esses tipos de "perturbações" com uma pessoa qualquer, afinal a Emily era uma moça boa e não fazia mal a ninguém.


Sobrenatural (2011)

Gênero:Terror
Direção: James Wan
Sinopse: A família Lambert, formada por Josh (Patrick Wilson), Renai (Rose Byrne) e os filhos Dalton (Ty Simpkins) e Foster (Andrew Astor), acaba de se mudar. Logo, uma das crianças entra em coma de forma inexplicável, o que faz os pais pensarem que a nova casa abriga algum tipo de espírito do mal. Mas eles logo se mudam do local e nos dias seguintes acabam descobrindo que o problema não estava na casa e sim no próprio filho.


Comentário: Esse filme é tudo de mais bizarro no mundo, eu fiquei com muito medo quando eu assisti, as criaturas são medonhas e todo o clima do filme é sufocante. Assim como tudo que há por trás dos acontecimentos, esse coma inexplicável, da até um receio de dormir demais.


A mulher de preto (2012)

Gênero: Terror/Suspense/Drama
Direção: James Watkins
Sinopse: Arthur Kipps (Daniel Radcliffe) foi enviado por seu escritório para regularizar os documentos de uma mansão abandonada, próximo a um vilarejo, cujas crianças morrem misteriosamente de tempos em tempos, sem que ele soubesse de nada disso. Quando começa a ter uma série de visões sinistras durante a execução de suas tarefas, inclusive uma de uma mulher vestida de preto, ele descobre que existe algo relacionado ao passado daquele local e decide investigar, provocando a ira dos moradores e a morte de mais vítimas. Agora, só o tempo para dizer se o seu instinto paternal irá ajudar a resolver esse perigoso e grande mistério.

 

Comentário: Outro filme que eu já comentei aqui no blog, não é o tipo de filme mais aterrorizante do mundo, mas ele provoca vários pulos na cadeira durante todo ele, a fotografia é muito boa e combina perfeitamente com o clima do filme todo.


A entidade (2012)
Gênero: Terror/Suspense
Direção: Scott Derrickson
Sinopse: Ellison (Ethan Hawke) é um escritor de romances policias que acaba de se mudar com a família. No sótão da nova casa ele descobre antigos rolos de filme, que trazem imagens de pessoas sendo mortas. Intrigado com o que elas representam e com um estranho símbolo presente nas imagens, ele e sua família logo passam a correr sério risco de morte. Com Vincent D'Onofrio.


Comentário: Esse filme foi um dos melhores filmes de terror que eu assisti nesse ano de 2012/2013, levei muitos sustos, a criatura é bizarra e assustadora, as histórias são perversas e dão calafrios. Fora o fato do bobo do Ande ter me assustado algumas vezes, o filme conseguiu me deixar com bastante medo.

Esses são apenas alguns dos filmes de terror que eu já assisti, eu ficaria aqui por muito tempo falando de todos eles, então separei alguns realmente marcantes e que eu achei bem interessante, e se alguém tiver algum outro filme de terror pra indicar é sempre bem vindo! Aproveitem o mês do terror e se assustem bastante, e tomem cuidado!

Love, kisses & rockets
da Mandy

Fonte: Adoro Cinema

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são sempre bem vindos e ajudam no feedback do blog ♥
Comentário com conteúdo de baixo calão ou preconceituoso, serão excluídos.