8 de julho de 2014

A maldição do tigre

Olá!

O livro “A maldição do tigre” é uma ficção americana escrita por Collen Houck que também escreveu: O resgate do tigre, A viagem do tigre e O destino do tigre, publicados pela editora Arqueiro. Sua história é tão cativante que em breve ganhara sua versão para os cinemas, mas enquanto isso podemos nos aventurar e viajar para a Índia através dos livros.

Kelsey mora com seus pais adotivos e resolve procurar um emprego pra poder pagar sua faculdade.Através do seu novo emprego em um circo ela acaba conhecendo um tigre chamado Ren e durante seu horário de trabalho além de cuidar das bilheterias e da limpeza também cuidava da alimentação do tigre. Nas horas vagas gostava de escrever em seu diário. Em busca de um lugar tranquilo começou a passar seus finais de tarde acompanhada do seu novo amigo Ren. Kelsey lia poemas para ele que logo depois lhe lambia de agradecimento, conversava e faziam companhia um para o outro até surgir o senhor Kadam.


Havia um boato no circo de que havia surgido um Senhor muito interessado no tigre, que pagaria um valor muito alto por ele, foi quando Kelsey percebeu o quanto tinha se apegado a Ren e não gostaria de vê-lo partir. Senhor Kadam ao encontrar Kelsey com o tigre fica comovido pelo seu carinho com o animal e lhe faz uma proposta de emprego, ajudaria a cuidar do tigre no seu percurso para a Índia e poderia ficar algumas semanas para conhecer a cidade. Sua semana no circo estava se acabando então aceitou a proposta, viajou com o senhor Kadam até o aeroporto, cuidou do tigre e seguiu a viagem até chegar em uma lanchonete onde o caminhão que estava com a jaula sumiu e o tigre fugiu para selva. Desesperada partiu em busca de Ren. Quando o alcançou descobriu que não estava indo para a Índia cuidar de Ren como foi dito no circo, mas sim para quebrar uma maldição de dois príncipes que foram transformados em tigres.

Kelsey descobre que Ren na verdade e um lindo príncipe indiano. Vive varias aventuras ao seu lado em busca das ofertas de Durga para quebrar sua maldição, se apaixona por ele tanto em forma de tigre como também em sua forma humana, mas também se vê com medo de se entregar ao príncipe e perde-lo para sempre como aconteceu com seus pais.


A história e simplesmente viciante e a cada capítulo vivemos não só uma aventura cercada por monumentos históricos, deuses e animais selvagens mas também momentos de conflito, romance e medo. Com certeza muitas meninas irão se identificar com Kelsey não somente pelo fato de procurar um emprego para bancar sua faculdade mas também pelo medo de se entregar a alguém.

O livro é um dos meus favoritos tanto pela história tanto pela sua capa. É simplesmente linda, uma das capas mas bonita que tenho. Com vários tons de azul claro, a capa tem um efeito sobre a luz, tem as bordas destacadas de uma forma bem diferente dos livros comuns e o rosto do tigre é uma imagem fosca com olhos azul cobalto que ficam bem destacados quando estão sobre o efeito da luz.

O único defeito que encontrei são alguns erros básicos que devem ter passado na hora de digitar como palavras erradas mas nada que atrapalhe a leitura do livro.

Lendo podemos aprender também um pouco da cultura Indiana, seus deuses, museus e costumes e ainda tem um poema escrito por Wiliam Blake nas primeiras páginas chamado O tigre, o que me chamou muita atenção e é muito interessante misturar dois gêneros em um livro. Enfim uma ótima leitura para aqueles que não gostam somente de ler o livro mas de imaginar, criar fantasias e viver a história, como se estivesse num sonho ou talvez apenas imaginando como seria sua vida em uma outra perspectiva. Que tal viajar para a Índia nessas férias ?



Frases do livro:
“Quando você ama alguém, aprende a dar e a receber. Um dia você vai aprender isso.”
“Acho que me apaixonar por ele seria como mergulhar em um precipício. Seria ou a melhor coisa que me aconteceria ou o erro mais idiota que eu cometeria.”
“O que eu sentia por ele parecia complicado demais para definir, mas logo se tornou óbvio para mim que a emoção mais forte que eu sentia, a que estava agitando meu coração, era… amor.”
“Não é sinal de fraqueza precisar de ajuda às vezes.”
“Era difícil pôr os sentimentos em ordem no papel quando ainda não os organizara na cabeça.”


2 comentários:

  1. A primeira coisa que me chamou atenção foi a capa. QUe é linda!! esperando uma promoção legal para comprar pq estou interessada pela história

    www.saidaminhalente.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa realmente é linda mesmo *-*
      Na submarino as vezes tem promoção do box, quem sabe (y)

      Excluir

Comentários são sempre bem vindos e ajudam no feedback do blog ♥
Comentário com conteúdo de baixo calão ou preconceituoso, serão excluídos.