12 de junho de 2015

Azul da cor do mar, Marina Carvalho

Olááá! Hoje tem resenha de um livro nacional \o/!

Aproveitando o Dia dos Namorados, trago um livro com um romance bem leve, não deixa de ser clichê. É um ótimo chick-lit para quem gosta do gênero!



Rafaela viveu uma infância bem feliz passando as férias de verão em Iriri, e foi em uma dessas férias que ela conheceu, apenas de vista, os mais belos olhos azuis já vistos. O dono desses olhos era um garoto que aparentava uns 14 anos e usava uma mochila xadrez. Desde então, Rafaela fica fissurada por esse menino e pelo mistério que o cerca.
Foi nesse momento que seus olhos se ergueram e pararam nos meus. Eram azuis. Lindos. (...) Quando dei por mim, estava obcecada pela figura do misterioso garoto da mochila xadrez.
Rafaela, passou a escrever todos os dias sobre o menino misterioso, ela nunca o esqueceu. Assim ela descobriu a paixão pela escrita e pelos mistérios. Anos se passam e ela sempre mantém o diário secreto sobre o menino, e também dessa forma ela cria toda uma fantasia como ele é ou como poderia ser, exatamente por isso ela nunca consegue de apaixonar ou se entregar totalmente à alguém. 

Ela é aluna de jornalismo se inscreve a uma vaga de estágio do jornal Folha de Minas. Ela acaba conseguindo a vaga e está toda feliz achando que vai ser a melhor coisa da sua vida, mas o que ela não podia esperar era que seu companheiro de edição fosse alguém egoísta, mal humorado, arrogante - e lindíssimo - também dono dos mais belos olhos azuis. A partir daí, a antipatia entre dois cresce cada vez mais e para ajudar Rafaela sempre se mete em encrenca, seja editando textos sem autorização ou apenas sendo estabanada.
Senti o sangue ferver - na verdade, borbulhar - dentro das veias. Agora mais essa. Cria de Satanás era um elogio para Bernardo. Ele era o próprio Satã, camuflado com uma linda pele de cordeiro.
É óbvio que não estou apaixonada por ele. Isso é impossivel; nem que ele fosse o último representante masculino da face da Terra

O QUE EU ACHEI: O livro é bem leve e tem um enredo bem fofo, próprio para ler no verão, pois a leitura é fácil e rápida. Entretanto, achei o livro repetitivo e cansativo em algumas partes. A Rafaela irrita com essa obsessão pelo garoto da mochila xadrez, por isso no momento em que ela esquece o rapaz é um alívio e tanto.

A narrativa da autora é bem bacana, os personagens são até que bem estruturados. Rafaela possui uma personalidade forte e com uma presença bem marcante e divertida, Bernardo é encantador, provocante e indecifrável, ao longo do livro você consegue perceber quem ele realmente é. Os personagens secundários tem uma presença até que bacana, as amigas da Rafaela, os irmãos (que moram com ela), Marcelo (que acho que deveria ter ficado com uma das amigas da Rafa)

O que eu achei mais legal, foi que em cada começo de capítulo há trechos do manul de redação da Folha de São Paulo, os textos são bem produzidos, comoventes e são voltados ao garoto da mochila xadrez. Ah! Adorei o fato da Rafa usar o toque de seu celular a música tema de "O Fantasma da Ópera", um toque de classe e de que ela é alguém divertida.


Eu gostei do livro, mas não fiquei apaixonada. Desde o começo achei o livro previsível e apesar de ter gostado muito dos personagens não achei que a estória tenha me cativado tanto. O livro é um bom chick-lit e não deixa de ser clichê, mas ainda assim, vale a leitura. A autora escreve muito bem e tem personagens bem sólidos, para quem gosta do gênero recomendo. 

ISBN: 9788581633732
Ano: 2014
Páginas: 334
Editora: Novas Páginas
Adicione: Skoob

SOBRE A AUTORA
Foto -Marina Carvalho
Marina Carvalho nasceu em Ponte Nova, Minas Gerais, conhecida como a terra da goiabada. Adora queijo, rock progressivo, pudim de leite condensado, café com pouco açúcar e filmes com finais felizes.
Ama ler, seja um bom livro policial, um chick-lit despretensioso ou o jornal do dia. Quando criança lia as revistinhas da Turma da Mônica, incentivada pela mãe, e ficava esperando ansiosamente pela chegada delas todos os meses.
Formou-se em Jornalismo pela PUC-Minas e exerceu o cargo de assessora de comunicação de uma empresa por sete anos. Hoje é professora de língua portuguesa e literatura na Escola Nossa Senhora Auxiliadora. Mora em sua cidade natal com o marido e os dois filhos.



Love,kisses & rockets

Créditos das imagens
Fotos e edição: Rosana Carlos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são sempre bem vindos e ajudam no feedback do blog ♥
Comentário com conteúdo de baixo calão ou preconceituoso, serão excluídos.