17 de julho de 2015

Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância), 2014

Olá olá olá! 

O filme de hoje então é Birdman, um dos grandes vencedores do Oscar 2015! Indicado a 9 categorias na premiação, o filme tem tudo o que a academia deseja e é um dos filmes favoritos do ano. Bora conferir a resenha ;)


O filme conta a história de Riggan, no passado ele foi muito famoso interpretando um super-herói, no caso Birdman, na década de 90. Agora não é mais assim, após 3 filmes da sequencia, ele se recusa a fazer o quarto filme e desde então sua carreira começa a declinar. Desde então ele tenta a todo custo ter a sua carreira e todo o reconhecimento de volta e tenta retomar o prestígio que possuía ao escrever, dirigir e estrelar uma peça na Broadway. No entanto, ele precisa lidar com todo o estresse dos palcos, os atores que tentam passar a perna nele, a filha em abstinência, seu empresário colocando pressão e além de tudo, como se não bastasse, ele tem uma voz doida dentro da cabeça dele.



Birdman é um filme muito bem dirigido, tem um jogo de câmera excelente. Você percebe que os dias se passam, a transição é sutil. Os atores fazem ótimas interpretações, Edward Norton como Mike Shiner está muito bem, é o antagonista óbvio de Keaton. Ele faz um ator egocêntrico que julga ser o maioral e o ator mais importante do muno. Emma Stone faz a filha, Sam, ~diva~ ela está atuando muito bem, é bem claro a forma como ela evoluiu com os passar dos filmes que fez. Naomi Watts também está excepcional nesse filme com a personagem Lesley. Zach Galifianakis (lembra dele? Do filme 'Se beber, Não case'? Aquele barbudo) ele interpreta Brandon, o empresário de Riggan, um cara sério, maduro e competente. Esse é um papel muito diferente do que estamos acostumada a ver, gostei muito da interpretação dele realmente agora ele parece um ator


A estrela do filme é Michael Keaton, ele faz uma atuação excepcional também, muito acima do que já vi por aí. Não teria como escolher outro ator para interpretá-lo, pois assim como Riggan, o próprio ator teve um pequeno declínio na sua carreira após o Batman de 1989, e assim como o personagem ele nunca fez algo relevante para o cinema. Até agora.

Eu não conhecia a direção de Alejandro González Iñárritu, mas fiquei bem impressionada, ele soube dar ao expectador o que os atores tem de melhor, sem precisar de maquiagem e nem efeitos especiais. Assim que acabei de ver o filme, fiquei meio dividida se tinha gostado mesmo, até comentei no grupo com a Ju e o Liss que não tinha gostado tanto, mas aí parei para pensar a analisar todos os pontos positivos do filme e mais do que justo decidi que é realmente tudo isso que dizem.


Tem uma jogada de câmera bem legal e isso me ganhou, você parece estar no mesmo lugar, percorrendo o mesmo caminho e seguindo os passos dos atores. É como se você estivesse participando do filme. É imperceptível os cortes nas filmagens, é como se tivesse sido filmado tudo de uma vez. Por esses e os outros motivos citados acima, digo-lhes que é um filme muito bom! Recomendo MUITO que vocês assistam! Vale a pena!

Título original: Birdman or (The Unexpected Virtue of Ignorance) (Original)
Ano produção: 2014
Dirigido: Alejandro González Iñárritu


Love, kisses & rockets
Créditos das imagens
Imagens Tumblr | EdiçãoRosana Carlos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são sempre bem vindos e ajudam no feedback do blog ♥
Comentário com conteúdo de baixo calão ou preconceituoso, serão excluídos.