27 de julho de 2015

Segunda semana do Projeto Literário: TOP 3 livros que merecem mais destaque!

Sabe aquele livro que você ama mas poucos conhecem ou dão valor? Então essa atividade é pra esse livro, conte porque ele merece ser valorizado e porque deve ter mais destaque no mundo literário.
Hey!

Estou adorando os temas do Projeto Literário, cada semana um mais bacana que o outro, e o tema dessa semana são livros que merecem mais destaque no mundo literário, todo mundo sempre tem aquele livro que amou mas parece que não ouve muito falar dele, bom o projeto vai dar um espacinho para isso. Quem desenvolveu esse tema foi a Rosana do Tudo Que Motiva

Confesso que foi um pouco complicado escolher os livros, mas tentei encontrar os livros mais bacanas da minha estante e que merecem mesmo um destaque maior no mundo literário. Não coloquei em ordem de maior importância nem nada, mas esses são  os 3 que eu acho que precisam de um destaque maior. 


Vaclav e Lena parecem destinados um ao outro. Eles se encontram pela primeira vez aos 6 anos, numa aula de inglês para imigrantes em Brighton Beach, no Brooklyn. Vaclav é precoce e falante. Lena, com dificuldade no idioma, refugia-se na segurança de sua adoração por ele. Ele imagina a história dos dois se desenrolando como em um conto de fadas. No entanto, uma das muitas verdades a serem descobertas nessa extraordinária obra de estreia de Haley Tanner é que "felizes para sempre" nunca é um desfecho garantido. Um dia, Lena não vai à escola. Desaparece da vida de Vaclav e da família dele como num cruel truque de mágica. Durante os sete anos seguintes, Vaclav deseja boa-noite a Lena todos os dias, perguntando-se se ela faz o mesmo onde quer que esteja. No dia do aniversário de 17 anos de Lena, ele finalmente descobre o que aconteceu.
Quando comprei esse livro não sabia muito bem o que esperar dele, mas conforme sua leitura se desenrolou eu sabia que estava irrevogavelmente apaixonada por ele, a leitura dele foi muito rápida, a história é linda, engraçada, comovente e verdadeira, com personagens que são apaixonantes, alegres, corajosos... Uma história cheia de amor e circunstancias que o colocam a prova, uma história além apenas do amor ou amizade, mas sobre ligações tão fortes que duram muitos e muitos anos, intocável, imutável, sincera e plena.


Catherine está no controle de sua vida. Bem-sucedida, sai toda noite para beber e dançar com as amigas, até que, numa festa, conhece Lee, um homem sedutor e atencioso. Sua vida está perfeita e todas as mulheres gostariam de estar em seu lugar. Ou quase todas.
Quieta e reservada, Cathy luta contra o transtorno obsessivo-compulsivo que torna penosa as tarefas mais simples, como trancar a porta do apartamento. Vulnerável e aterrorizada, ela nem de longe lembra Catherine, a pessoa que costumava ser antes de Lee deixá-la assustadoramente traumatizada.
O que aconteceu para que Catherine mudasse tanto? Que memórias a obrigam a seguir um ritual tão rígido para que se sinta segura? E o que Cathy faria se descobrisse que Lee está não só em sua mente, mas em sua casa e em sua vida outra vez?
 Esse livro é denso, impactante e deixa o leitor completamente colado a ele até o fim da leitura, ao mesmo tempo que adorei a leitura, também me senti muito mal com ela, a conexão que fazemos com a personagem principal é tão forte que não tem como não acabar sofrendo com ela, contei um pouco mais de como foi minha leitura na resenha que fiz aqui no blog.

Shelley e a mãe foram maltratadas a vida inteira. Elas têm consciência disso, mas não sabem reagir — são como ratos, estão sempre entocadas e coagidas. Shelley, vítima de um longo período de bullying que culminou em um violento atentado, não frequenta a escola. Esteve perto da morte, e as cicatrizes em seu rosto a lembram disso. Ainda se refazendo do ataque e se recuperando do humilhante divórcio dos pais, ela e a mãe vivem refugiadas em um chalé afastado da cidade. Confiantes de que o pesadelo acabou elas enfim se sentem confortáveis, entre livros, instrumentos musicais e canecas de chocolate quente junto à lareira. Mas, na noite em que Shelley completa dezesseis anos, um estranho invade a tranquilidade das duas e um sentimento é despertado na menina. Os acontecimentos que se seguem instauram o caos em tudo o que pensam e sentem em relação a elas mesmas e ao mundo que sempre as castigou. Até mesmo os ratos têm um limite.
Esse é outro livro que é muito denso e envolvente,sua leitura foi eletrizante do começo ao fim, eu simplesmente não conseguia parar de ler! A personagem conquista o leitor aos poucos e por mais errada que algumas ações e situações parecem, simplesmente não conseguimos não sentir pena e empatia por ela e sua mãe. A resenha que fiz está no blog Tudo Que Motiva.


Espero que tenham gostado das dicas de livros, tentei escolher livros de gêneros diferentes, mas que fossem ao mesmo tempo ótimas leituras e que marcaram de alguma forma minha vida como leitora. Se tiverem mais algum livro que é bom e não teve tanta importância quanto merecia no mundo literário conta pra mim nos comentários!!

Love,kisses & rockets

Créditos das imagens
Edição e fotografia por  Amanda Prado | Edição da capa por  Paac Rodrigues

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são sempre bem vindos e ajudam no feedback do blog ♥
Comentário com conteúdo de baixo calão ou preconceituoso, serão excluídos.