2 de agosto de 2015

Pequenas Grandes Mentiras - Liane Moriart

Olá!
Primeira resenha para o blog, confesso que estou mega nervosa rs. Escolhi um livro que fez minha cabeça nesses últimos dias. Por ter toda a essência capaz de agradar um público muito diversificado, essa obra está sendo super comentada positivamente em todas as redes sociais dos amantes de leitura.



"Pequenas Grandes Mentiras" foi uma surpresa imensa pra mim. Iniciei a leitura despretensiosamente, e não imaginava o quanto ficaria envolvida.
Foi o meu primeiro contato com a escrita da autora, e fiquei apaixonada. Liane Moriarty é a minha mais nova diva da literatura!!
O livro se inicia nos apresentando depoimentos de personagens até então desconhecidos. Sabe-se que, na tradicional noite do concurso de perguntas para pais do jardim de infância, houve um assassinato. Alguém morrera, mas não sabemos quem e nem como.
“Pergunte a um homem de verdade e ele lhe dirá que as mulheres são tipo as campeãs olímpicas de guardar ressentimentos.” pág 12
Cada capítulo nos leva há meses antes do ocorrido, e nos permite conhecer os personagens envolvidos na trama, em especial as mães Madeline, Celeste e Jane.
Elas são tão distintas entre si, com vidas tão diferentes, que seria impossível se tornarem amigas ou até mesmo se conhecerem, não fosse o fato de terem filhos da mesma idade que cursariam o jardim de infância da mesma escola. E foi ao conhecer cada personagem e seu meio, que descobrimos que não é apenas uma história sobre um assassinato.
O livro trata de bulying, de violência doméstica, de preconceito e de dramas cotidianos.
Madeline foi a personagem que mais gostei. Criou sua filha adolescente Abigail praticamente sozinha, casou-se novamente, com um homem atencioso, paciente e apaixonado. Tivera dois filhos dessa relação. Ela é uma perua assumida, divertida e daquele tipo que enfrenta o mundo por uma amizade. Aliás é até capaz de mentir por quem ama e estima.
“Madeline amava conflitos, e nada a deixava mais feliz do que se sentir indignada.” pág 27
Celeste é o tipo de mulher que fica deslumbrante até de jeans e camiseta. Ela é linda, rica, tem um marido perfeito, e filhos lindos. Uma família perfeita! A amizade que tem com Madeline é realmente linda... Perceberam a quantidade de "linda" nesse mesmo parágrafo? É essa palavra que define Celeste. Aliás é esta palavra que define a vida de Celeste.
Jane é mãe solteira que esconde com veemência o nome do pai de seu filho. É muito jovem, conhecera Madeline por acaso, e acabou entrando para o “seu time” de amigas. Se mudara para a cidade esperando vida nova, um lugar perfeito para criar Ziggy, seu filho. Mas as coisas não estavam saindo lá como o planejado. Já no primeiro dia de aula, Ziggy fora acusado de bullying contra a garotinha amável e super dotada Amabele, filha da tinhosa Renata. 
“Alguém realmente conhecia o próprio filho? Filhos eram pequenos estranhos, sempre mudando, desaparecendo e reapresentando aos pais. Novos traços de personalidade podiam surgir da noite para o dia.” pág 49
E foi assim que se iniciou a guerra entre os pais do jardim de infância. 
Será que Ziggy, o garotinho amável, seria capaz de machucar sua colega de classe? Os pais conhecem mesmo seus filhos? E nós, somos capazes de conhecer a fundo uma pessoa que convivemos praticamente todos os dias?
É uma leitura que envolve vários temas, e juro que tinha todos os temperos para me fazer desistir, já que era frustrante não ter ideia de como as coisas iriam se desenrolar. Mas não foi bem assim. Aliás foi totalmente o contrário.
Não consegui desgrudar do livro. A cada capítulo temos mais depoimentos, e então cronologicamente vamos chegando mais perto da noite, e ao conhecermos mais a fundo cada família, levantamos mais hipóteses. Sabem o que é mais estranho? A gente acaba se prendendo aos personagens, você se sente parte do círculo de Madeline, Celeste e Jane, então, ao mesmo tempo que você quer avançar para saber quem foi morto e/ou quem matou, você não quer que a história termine pois precisa saber quem é o pai de Ziggy, ou se Madeline vai perder a cabeça com o pai de Abigail, que se casou novamente e decidiu fazer parte da vida de sua filha.
E o medo de se envolver com o possível “morto” ou “assassino” dá aquela adrenalina na leitura, diferenciando-a de tudo que já havia lido.
A autora prova que não precisa descrever detalhadamente um personagem para fazer com que o leitor se cative. E prova ainda que qualquer pessoa pode esconder muito bem uma pequena grande mentira. 
Leitura super recomendada!
O livro tem um enredo tão perfeito que chamou a atenção das produtoras Blossom Films e Pacific Standart, das atrizes Reese Whiterspoon e Nicole Kidman. Elas adquiriram os direitos para adaptar uma série baseada na obra. Ainda sem data prevista, porém sabe-se que serão a dupla de super atrizes a interpretar as protagonistas, e que a série será transmitida pela HBO. 

ISBN: 9788580576792
Ano: 2015
Páginas: 400
Editora: Intrínseca
Páginas: 400
Nota: 5/5


Sobre a Autora:
Foto -Liane Moriarty
Liane Moriart é autora do best-seller O Segredo do Meu Marido e de outros cinco livros, dentre eles, "As Lembranças de Alice". Mora em Sydney, na Austrália, com seu marido e seus dois filhos barulhentos. 










Love, kisses & rockets
Créditos das Imagens:
Skoob

4 comentários:

  1. Olá Bia,
    Só ouço maravilhas sobre essa autora.
    Tenho o livo O Segredo do Meu Marido na estante, mas não tomo coragem de ler (risos)
    Gostei muito da sua resenha e ela despertou meu interesse em ler logo algo da autora.
    Beijos
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Bruna!!
    Eu super desejo esse livro, mas confesso que passei a querer mais após a leitura de "Pequenas Grandes Mentiras". Apaixonada pela escrita da autora!
    Que bom que gostou, e espero que leia logo e compartilhe comigo sua opinião.
    Beeeijos

    ResponderExcluir
  3. Oiii Bia!
    Amei a premissa desse livro e fiquei surpresa por nunca ter ouvido falar dele! Gosto de narrativas que cruzam a vida dos personagens e tem esse tom de mistério. Além de tudo a capa é linda, hein?!

    http://maisumapaginalivros.blogspot.com.br/
    Mais Uma Página

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa é perfeita Michelly! Acredito que vc vai amar a leitura.
      Beeijos

      Excluir

Comentários são sempre bem vindos e ajudam no feedback do blog ♥
Comentário com conteúdo de baixo calão ou preconceituoso, serão excluídos.