31 de outubro de 2015

Leituras de outubro

Hey!

E eu consegui voltar aqui no fim do mês com o post das minhas leituras, estou bem orgulhosa de mim mesma!!  Esse foi um mês produtivo para mim em relação as leituras, mesmo que tenha sido um mês bem corrido e cheio de coisas, eu consegui conciliar tudo e fazer minhas leituras.


Meu mês começou com o segundo livro da Trilogia Delírio, Pandemônio, eu li o primeiro livro há muito tempo, mesmo, e só agora consegui comprar os outros dois e retomei a leitura dessa trilogia, as resenhas vão sair quando eu ler todos, prometo. 

Dividida entre o passado — Alex, a luta pela sobrevivência na Selva — e o presente, no qual crescem as sementes de uma violenta revolução, Lena Haloway terá que lutar contra um sistema cada vez mais repressor sem, porém, se transformar em um zumbi: modo como os Inválidos se referem aos curados. Não importa o quanto o governo tema as emoções, as faíscas da revolta pouco a pouco incendeiam a sociedade, vindas de todos os lugares… inclusive de dentro.
O que achei: Logo que vi sobre o primeiro livro da trilogia eu adorei a premissa e devorei o Delírio, mas quando os outros livros foram lançados e antes de comprar eu ouvi um pouco mal de como a história se desenrolava, mas mesmo assim comprei os livros e baixei minha expectativa em relação a leitura do segundo livro, e ainda bem que fiz isso, eu realmente gostei do rumo que a história tomou, consegui me envolver com o personagens antigos e os novos sem ressentimentos, e o final do livro me deixou em choque e eu realmente quero ver como tudo isso vai terminar!!  


Depois embarquei em mais uma aventura de Jane Austen, li o último livro dela, Persuasão, e ele entrou para meus favoritos dela com certeza, que livro lindo e triste, mas incrível!!! 

As resenhas de todos os livros da Jane Austen vão sair em Dezembro, para comemorar o aniversário da autora. 

O enredo gira em torno de Anne Elliot, filha de Sir Walter Elliot, um vaidoso e esnobe baronete. No passado, Anne apaixonara-se por Frederick Wentworth, que, embora belo, inteligente e ambicioso, não tinha tradições ou conexões familiares importantes - e assim Anne fora persuadida pela família a romper com ele. Em 1815, momento em que se passam os eventos narrados no livro, a boa, generosa e sensível Anne Elliot continua solteira, mas agora, aos 27 anos, pensa com mais autonomia e maturidade. Agora, também, a situação financeira de Sir Walter Elliot é desfavorável, e ele se vê obrigado a alugar a propriedade da família. Por força do destino, o novo ocupante da residência é cunhado de Wentworth. Quase oito anos após o rompimento, Anne se verá novamente convivendo com seu grande amor, agora um capitão da Marinha, e reflexões, conjunturas e arrependimentos serão inevitáveis. Anne e Frederick se redescobrem apaixonados, e renovam o compromisso de casamento. Com o mesmo texto leve e envolvente - mas irônico e perspicaz - que a caracteriza, Austen faz aqui uma crítica à vaidade típica da sociedade inglesa do início do século XIX, ao mesmo tempo em que enfoca o tema do casamento, quase onipresente em seus escritos.
O que achei:  Não sei se o momento em que li ele estava muito sensível, mas sei que chorei e chorei muito ao longo de boa parte da leitura , quase o livro todo, me identifiquei com a personagem principal e me apeguei a história como um todo, ele entrou fácil para a lista de favoritos da Jane Austen de uma forma geral, não teve nenhum momento que eu parei um pouco a leitura porque estava um pouco cansada da história ou personagens, foi tudo incrível, mal posso esperar para resenhar ele e os outros livros dela.


Depois li um livro que parecia interminável, O livro de ouro da mitologia: Histórias de deuses e heróis, ainda não sei se gostei dele ou não, acho que tenho uma relação dividida com ele. 

Altares ruíram e templos se perderam nas areias do tempo.
Mas as religiões da Grécia e da Roma antigas não desapareceram por completo. Seu legado de mitos e heróis continua presente até os nossos dias. As figuras mitológicas são o pilar da cultura ocidental.
As aventuras estão fortemente vinculadas às mais belas produções da literatura e da arte para se perderem. São histórias passadas de geração a geração e que estão reunidas aqui, sob as bênçãos de Zeus e o talento de Bulfinch. As mais encantadoras narrativas que a fantasia humana jamais criou transportam o leitor para terras onde fatos incríveis acontecem. Onde belas ninfas e corajosos heróis vêem seus destinos nas mãos de caprichosos deuses. E criaturas fantásticas ganham vida.
O que achei: Como disse, eu gostei e não gostei desse livro, gostei porque aprendi outras coisas sobre mitologia que não sabia, não apenas mitologia grego/romana, mas também mitologia egípcia, mitologia oriental e nódica . Um ponto negativo foi a escrita do autor, achei pouco dinâmica, por se tratar de mitos, ele realmente conta vários dele, achei que faltou um ritmo para isso, e muitas informações ficaram misturadas como lendas e informações adicionais relacionadas à elas, acho que o livro precisaria de uma nova distribuição disso, mas de uma forma geral é um bom livro e eu gostei. 


E por último, finalizei o mês lendo um livro que é lindo visualmente e em seu conteúdo, O Manual da Garota Geek: Tudo que uma garota nerd precisa saber para dominar o mundo, eu li ele através da parceria com o blog Tudo Que Motiva, foi uma leitura divertida e gostosa de ser feita e fechou meu mês muito bem. 

Fica a dica, mundo: nada é mais legal do que ser uma garota geek O manual da garota geek é o guia especial de tudo aquilo que nos faz incrível: nossas paixões. Embora o restante da humanidade acredite que as geeks são pessoas muito estranhas, a verdade é que apenas amamos e nos envolvemos demais com as melhores coisas da vida. Não importa o que você ame – quadrinhos, seriados de ficção científica, literatura juvenil –, se acabou de chegar ou se adora há anos, para ser uma garota geek o importante é amar com intensidade. Desde aprender a iniciar um blog legal sobre seus hobbies, planejar o próximo cosplay, organizar um evento geek ou simplesmente entender que tipo de nerd você é, este livro está aqui para ajudá-la. Encontre aqui tudo o que você precisa para que sua nerdice seja longa e próspera!
O que achei: Eu me diverti muito na leitura desse livro, a forma que a autora conversa com o leitor durante o livro todo é muito legal e fluido, esse livro trás muitas informações bem legais e úteis para nós geeks (garotas e garotos), esse livro não fala apenas do mundo geek, mas do preconceito envolvendo as meninas, sobre feminismo e também trás entrevistas com mulheres geeks que são exemplos de força e inspiração para todas nós. Vou falar mais desse livro na resenha no TQM, mas já adianto que amei e quero ler novamente esse livro e muitos outros relacionados à essa temática. 

Bom, como eu disse o mês de outubro foi um pouco corrido para mim, muitas coisas da faculdade, especialmente no último fim de semana, e um dos motivos pelo qual não teve resenha de livro aqui no blog foi esse, o outro eu expliquei ao longo do post. Mas eu torço para que o mês que vem seja mais tranquilo e eu consiga fazer as devidas resenhas dos livros, eu já preparei minha TBR e mal posso esperar para começar e voltar aqui para contar dos livros para vocês. 







Love,kisses & rockets
Créditos das imagens
Fotografia e edição por Amanda Prado | Fonte por DaFont

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são sempre bem vindos e ajudam no feedback do blog ♥
Comentário com conteúdo de baixo calão ou preconceituoso, serão excluídos.