13 de dezembro de 2015

Geek Girl 1 - Holly Smale

Quando entro em livrarias, geralmente não gosto de comprar livros que estão na lista de desejos. Gosto de olhar e me sentir atraída por algum livro desconhecido pra mim. Foi nesse hábito estranho que encontrei Geek Girl na sessão teen de uma livraria.
É fofo! É engraçado! É geek!

Harriet é uma garota de 15 anos. Ela é do tipo que não atrai muitos amigos, já que tem o hábito de corrigir as pessoas quando falam errado. Ela poderia vir até aqui e fazer resenhas mil vezes melhor que qualquer pessoa desse blog (me desculpem gente, é somente a verdade). A menina sabe muito, é inteligentíssima. Ou melhor, é uma GEEK GIRL.
"Sei que sou uma Geek porque acabei de pesquisar a palavra no dicionário. Fiz um risquinho ao lado das características que reconheci e parece que tenho todas elas." - pág 5


Na escola, é alvo da fúria de Alexa, sua colega de classe. A garota parece ter nojo e horror à Harriet, e não é muito diferente com seus outros colegas. Com exceção de Tobby, que também pode ser classificado como um Geek. Literalmente, ele persegue Harriet por todo canto. 
Tobby não é lá o melhor amigo de Harriet. Essa função é ocupada por Nat, que também poderia classificar como Geek, mas com alguns acréscimos: ao contrário da amiga, Nat sabe muito bem como se vestir, é totalmente ligada a moda. É linda e seu maior sonho é se tornar modelo.

"Ser uma Geek é legal. Não é muito impressionante, claro, mas é bem divertido. Eu poderia ser uma geek o tempo inteiro, desde que os outros me deixassem em paz. Mas aí é que está: eles não deixam." - pág 21
Num evento da cidade, Nat acaba convencendo Harriet a acompanhá-la para o dia que seria o mais importante de sua vida. Neste lugar haveria olheiros de moda.
E nem Harriet poderia calcular a confusão que estava prestes a acontecer. Os olheiros não se interessaram por Nat, mas sim por Harriet, a garota que mal sabia passar um batom.
Seria o fim de uma grande amizade? A desajeitada Harriet poderia se dar bem no mundo da moda?
Ri do início ao fim desse livro. Temos tantos personagens engraçados!
É um livro infanto-juvenil, portanto não esperem um enredo complexo. O drama da adolescente não foi o que me prendeu na leitura, mas sim o fato de termos tantas situações e personagens fantásticos que nos arrancam gargalhadas.
O pai da nossa protagonista é o máximo! É a versão literária do Homer Simpson.
Se você procura uma leitura despretensiosa, que te faça rir, então precisa conhecer Geek Girl OMRP (o mais rápido possível).
É o primeiro livro de uma série, mas garanto que tudo é resolvido, você não ficará buscando respostas até ter o segundo livro em mãos.



Ano: 2014
Páginas: 256
Editora: Fundamento
Nota: 5/5
Sobre a autora:
Foto -Holly Smale
Holly Smale desajeitada, meio geek e um tanto tímida, passou parte da sua adolescência se escondendo nos vestiários. Mas de forma inesperada, quando tinha 15 anos, foi descoberta por uma grande agência de modelos de Londres. Ao se formar em Literatura Inglesa com especialidade em Shakespeare, desistiu de ser modelo e estava decidida a se tornar escritora. Hoje é escritora e blogueira e mora em Londres.

Love, kisses & rockets

Créditos das Imagens
Bia Gonçalves
Skoob

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são sempre bem vindos e ajudam no feedback do blog ♥
Comentário com conteúdo de baixo calão ou preconceituoso, serão excluídos.