6 de janeiro de 2016

Canção do Oceano (Song Of The Sea)

Hey!

Faz um tempinho que eu vi esse filme, lá por setembro do ano passado, e eu queria falar dele aqui no blog, mas eu sempre tinha outros posts em mente e deixava para depois, mas resolvi que não ia mais enrolar e vim compartilhar com vocês sobre um filme que é a coisa mais linda desse mundo, que me deixou apaixonada e encantada pelas lendas irlandesas e escocesas.

A história da viagem de volta da última criança das selkies, mulheres que se transformam em focas. Depois do desaparecimento de sua mãe, Ben e Saoirse são enviados para viver com a avó na cidade. Quando eles resolvem voltar para a sua casa à beira-mar, a viagem torna-se uma corrida contra o tempo, quando eles são atraídos para um mundo que conhecem apenas nos contos populares de sua mãe. Mas isso não é uma história de ninar, essas pessoas estão em nosso mundo por muito tempo. Logo fica claro para Ben que Saoirse é a chave para a sua sobrevivência.

Eu assisti esse filme por acaso, estava procurando uma animação para ver e me deparei com o poster e o nome do filme, a premissa parecia interessante e resolvi me arriscar, e não me arrependi em nenhum momento, Tomm Moore se tornou fácil meu diretor favorito, que delicadeza de animação!


A aventura desses dois irmãos não é apenas pela volta para a casa, é de conhecimento mútuo, amor fraterno e que muitas vezes a vida está ligada à histórias que parecem apenas feitas para crianças dormir, mas que tem significados muito maiores por trás delas.

Toda a parte visual do filme é linda demais, muito colorido e cheio de elementos, as paisagens são lindas e muito detalhadas. Os personagens também são muito bem construídos, tanto os principais, quanto os secundários, que quase não ficam como secundários e tomam para si partes de destaque ao longo de toda a história. Ben é um personagem muito maduro para sua idade, mas no fundo ele acaba se escondendo por trás de toda a tristeza da perda da mãe, Saoirse é uma personagem cativante demais e a sua maneira, também muito madura. E ambos os personagens acabam desvendando seus caminhos por trás da lendas que a mãe contava para Ben e que ele passa para a irmã, mesmo que algumas vezes tentando assustar a irmãzinha.




A trilha sonora e musical do filme é o complemento chave para toda a trama e para deixar a obra ainda mais linda, a música faz parte de toda a história, sendo crucial para desvendar o misterioso sumiço da mãe, e também para deixar tudo mais mágico ao longo da narrativa. Toda a trilha tem uma pegada mais celta, que combina muito com todo o propósito da história, e é linda!

É um filme que vai encantar espectadores de todas as idades.












Título Original: Song of The Sea
Ano de produção: 2014
Distribuidor: StudioCanal (Ireland)
Diretor: Tomm Moore
Nota:5/5

Love,kisses &rockets
Créditos das imagens
Google e Tumblr

4 comentários:

  1. Amo animações e amei conhecer essa. Lendo sua resenha fui transportada para a minha infância. Que fofa essa união entre eles, o amor fraternal quando verdadeiro é lindo. E esse enredo, gostei muito das foquinha, que linda. Enfim eu amei a dica, com certeza vou conferir.
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também sou apaixonada por animações Mayla, e essa me encantou demais, vale muito a pena ver, ela é densa, mas também muito bonita!!! Espero que goste.
      Beijos

      Excluir
  2. Olá! Não conhecia a animação, mas achei mega fofa, com certeza se tiver a oportunidade vou conhecer ^^
    Alias, estou seguindo aqui!

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Joi, veja sim, acho que não vai se arrepender de assistir, é incrível! *---*
      Obrigada, também estou seguindo seu blog.
      Beijos

      Excluir

Comentários são sempre bem vindos e ajudam no feedback do blog ♥
Comentário com conteúdo de baixo calão ou preconceituoso, serão excluídos.