9 de maio de 2016

Uma viagem ao mundo das fábulas (The Secret of Kells)

Hey!

Hoje eu trouxe a resenha de uma animação muito fofa, que eu vi há um tempo, logo depois de conhecer a incrível animação Canção do Oceano, que já tem resenha aqui no blog.

A história desse filme se passa na época medieval, Brendan é um garoto de 12 anos que vivem em uma vila num lugar remoto, a vila está sendo cercada por um muro para impedir que invasores bárbaros destruam a vila e o mosteiro que existe ali, Brendan vive uma vida simples de tarefas de pouca importância, até que chega ao mosteiro um monge vindo de muito longe, e que trás consigo um precioso livro que precisa ser terminado, Brendan então acaba descobrindo um novo talento e fica encarregado de ajudar o irmão Aidan a terminar esse importante livro, mas sua tarefa se mostra bem mais complexa que isso, quando Brendan começa a visitar o mundo que há do lado de fora do muro e descobrir o verdadeiro significado do livro.

Eu descobri a existência desse filme, depois de assistir e fazer o post do filme Canção do Oceano, e eu vi que ele estava entre os filmes relacionados, e claro, me encantei pela história, pelo visual e pela trilha desse filme, tanto quanto me encantei pelo filme Canção do Oceano.


Este filme levou 10 anos para ser finalizado pelo diretor, e a espera realmente valeu a pena, com uma história incrível e comovente, personagens interessantes, uma trilha e um visual maravilhoso, Tomm Moore consegue mais uma vez cativar o público com uma narrativa cheia de lendas, significados (como a fé e um livro para iluminar os caminhos num momento de sofrimento) e uma mensagem muito forte: de que nunca devemos perder a esperança, e que a escuridão pode ser transformada em luz.

Todo o visual do filme é lindo e lembra bastante o Canção do Oceano, que a propósito foi lançado depois do Secret Of Kells, a paleta de cores é incrível e muito variada, contendo cores quentes e frias em um mesmo ambiente para que mudam de uma para outra conforme a história vai se modificando, ficando mais tensa ou mais calma e alegre. Os personagens também são bem marcantes, tanto em sua caracterização, quanto em personalidade; Brendan é um garoto dividido entre seguir o que seu coração manda, ou obedecer as ordens do abade Cellah, que também é seu tio e única família que conhece, mas que acaba se permitindo seguir seu destino; Aisling que é uma espécie de espirito da floresta também é uma personagem muito boa, com um passado triste, ela luta para cuidar da floresta e não deixar que a escuridão afete outras pessoas, como afetou seu próprio povo, é uma personagem forte e que vai guiar e ajudar Brendan para seu caminho seja traçado.



A trilha musical também segue uma linha mais celta e bem tipicamente irlandesa, e dão o toque especial para a narrativa, já que algumas das cenas de mais emoção contém músicas densas e bem marcantes, e toda a parte de sons é feita com perfeição, nas cenas em que Brendan está ilustrando o livro, os sons são essenciais para compor a dança que se desenrola diante dos olhos do expectador que fica encantado com as cores e traços que vão preenchendo toda a narrativa.

Um filme lindo em todos os aspectos, cativante e encantador e que merece ser visto mais de uma vez, pois com ele é possível captar 






















Título Original: The Secret of Kells
Ano de produção: 2009
Distribuidor: Vinny Filmes
Diretor: Tomm Mooore e Nora Towmey
Nota: 5/5

Love,kisses & rockets
Instagram | Facebook | Twitter | Bloglovin' | Flickr | Youtube
Créditos das imagens
Google e Tumblr

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são sempre bem vindos e ajudam no feedback do blog ♥
Comentário com conteúdo de baixo calão ou preconceituoso, serão excluídos.