22 de junho de 2016

Flor de Cerejeira - Alana Gabriela

Hey!

No fim do mês passado eu divulguei a pré-venda na Amazon do novo livro da autora parceira aqui do blog, link do post aqui. E eu tive o prazer de ser uma das blogueiras que leu o livro antes de tudo, e hoje vim aqui contar para vocês o que achei desse livro incrível.


Yoko é uma adolescente comum, com amigos, uma família amorosa, atividades extracurriculares boas e uma vida estável, até que um dia seu pai se envolve em um grave acidente e mata uma pessoa, ele então é julgado e condenado a prisão, e então o mundo que Yoko conhecia é completamente destruído, além da perda de seu pai, sua mãe está cada vez mais atolada em seu serviço, as dívidas parecem não ter fim, seus amigos a abandonaram e ela tem que desistir de uma das coisas que mais gosta, tocar violino. Nesse novo período turbulento de sua vida, ela conhece Aidan, um garoto que parece tão desajustado quanto ela, disposto a ouvi-la. Eles então começam uma amizade, e uma busca para o autoconhecimento, arrependimento, culpa, superação e o amor, mudando talvez para sempre a vida desses dois adolescentes.

Quando recebi o e-mail da autora, contando sobre esse novo livro e oferecendo para leitura, logo de cara sabia que ia gostar desse livro, eu amo demais a escrita da autora e já tive oportunidade de ler diferentes histórias, e comprovar que a Alana tem muito talento, e com esse livro não foi nada diferente. Logo no primeiro capítulo eu já me vi totalmente imersa na história e chorando com a situação da personagem, nem consigo imaginar como seria perder meu pai.
"[...]A dor daquele dia me consome todos os dias, mas tento esquecer. Sobreviver" pág 101
O livro foi uma leitura incrível, um dos melhores jeitos de começar o mês de Junho, a história é comovente, triste e alegre em alguns momentos, muito intensa e bem construída, assim como seus personagens que são bem desenvolvidos e cumprem bem seus papéis, você vai amar os personagens que devem ser amados, e odiar os personagens que devem ser odiados, e também há aqueles personagens que temos ódio, porém pelo seu passado, é compreensível que ele tenha se tornado alguém ruim. Em vários momentos eu tive vontade de entrar na história e tirar a Yoko de lá, tamanho seu sofrimento, e apesar de todas as atribulações que passa, ela sempre tenta se manter firme e seguir sua vida à sua nova maneira, é claro que em alguns momentos ela vai ter suas fraquezas, mas é isso que mais me encantou na personagem. ela é humana como qualquer um de nós, e tem seus momentos de fraqueza.


Em diversos momentos, tentei me colocar no lugar dela e de outros personagens, para entender melhor suas atitudes, pois em um primeiro momento, algumas dessas ações podem parecer egoístas, infantis, etc, mas depois, conforme a leitura avança, você começa a questionar a si próprio, e pensar que talvez, se estivesse passando por aquilo, fizesse exatamente a mesma coisa; eu amei essa sensação durante a leitura, pois esse questionamento de "O que eu faria nessa situação?" foi bem importante para mim, para entender as escolhas da autora.
"Fico chocada com suas palavras e por falar tão abertamente comigo. Talvez ontem a fenda entre nós diminuiu e por isso ele se sentiu confortável para conversar, falar de coisas que normalmente não fala por aí. Eu não sabia que ele não tinha pais mais." pág 151/152
Foi uma ótima leitura, apesar de bem densa as vezes, mas para mim foi incrível em cada palavra, continuaria a leitura dele por muito mais páginas, a autora mais uma vez conseguiu me surpreender e não me desapontar com uma história que tem romance, tem drama, tem clichês na medida certa e tem muito sentimento humano nela, que para mim, foi a peça chave para aproveitar essa leitura. Toda a parte visual do livro também é incrível, a Alana tem muito cuidado com isso nos livros dela, e eu a admiro muito por isso, a capa é linda demais (I  sakura) e toda a diagramação de dentro, o cuidado com as ilustrações de cada capítulo, a fonte que é muito boa para leitura de e-book, todo o conjunto de história e visual, combinam e se completam, a Alana está de parabéns, mais uma vez!

Quero desejar mais uma vez todo o sucesso do mundo para a Alana, que esse livro chegue a muitas pessoas e que elas possam aproveitar a leitura dele tanto quanto eu aproveitei, você está de parabéns por mais essa história incrível e tocante. E quem se interessar pelo livro, como já disse lá no começo do post, ele está sendo vendido na Amazon. E ai alguém já leu esse livro, ou algum outro da Alana, se interessou pela leitura? Deixa aqui pra mim nos comentários.





ISBN: B01FWUQ9ZC
Ano: 2016
Páginas: 315
Editora: Amazon
Nota: 5/5

Sobre a autora
Alana Gabriela, que antes usava o pseudônimo Nina B. Prescott, é uma acadêmica autora de 19 anos. Leitora e escritora ávida, cria histórias desde 2013, tem doze livros escritos e está trabalhando em mais dois. Escreveu e confeccionou artesanalmente seu primeiro livro aos dez anos. O Rapto, obra intitulada da autora, era baseado no filme Chamas da Vingança que chamou muito sua atenção quando garotinha. No entanto já nessa época era acometida pelo Déficit de Atenção e não lia muitos romances como a maioria, pois não conseguia se concentrar ou entender. Seu contato com a literatura começou realmente no último ano da escola, 2013, após um discurso motivador de seu professor de Redação Enem. A partir daí, com afinco, ela iniciou um processo novo de escrita e leitura. Alana precisava ampliar seus horizontes visto que o que mais gostava de ler era o dicionário Aurélio e o Landmark.


Love,kisses & rockets
Créditos das imagens
Fotografia e edição por Amanda Prado | Fontes por DaFont

2 comentários:

  1. Oi Amanda! Sou apaixonada pelas suas fotos, todas ficam lindas por demais.
    A resenha está perfeita, tenho livro aqui para ler e fiquei ansiosa para começar logo.
    Beijinhos
    http://lua-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bia!!!
      Obrigada *---*
      Que bom que gostou da resenha, espero que goste da leitura do livro, tanto quanto eu gostei.
      Beijos

      Excluir

Comentários são sempre bem vindos e ajudam no feedback do blog ♥
Comentário com conteúdo de baixo calão ou preconceituoso, serão excluídos.