5 de agosto de 2016

Get a Job, 2016

 Olá pessoas, tudo bem? 

"Get a Job" é um filme fraco, com personagens nem um pouco cativantes e um pouco arrastado. Apesar disso, tem uma temática bem interessante e de acordo com a realidade de muito jovem por aí que acabou de sair da faculdade e não sabe o que vai fazer da vida. Após os conturbados anos da faculdade o que mais queremos é um emprego bom e estável e a realidade é bem diferente.


O filme vai contar o perrengue que quatro graduandos passam para achar um emprego após a faculdade. A vida de adulto chega de repente e as responsabilidades também. Will Davis, interpretado por  Miles Teller, se sente confiante após os vários meses que passou estagiando em um jornal, porém seu chefe dispensa-o sem justificativa e deixa-o a ver navios. Jillian Stewart, interpretada por Anna Kendrick, é a única que tem um trabalho estável entre seus amigos, mas a vida é cheia de pregar peças e do nada ela é dispensada. Roger Davis, interpretado pelo Bryan Cranston, faz o pai de Will e após 40 anos de estabilidade é mandado embora da empresa.



O filme, apesar de mostrar algumas infelicidades, vai mostrar também a dificuldade entre várias gerações que possuem pensamentos diferentes, que não existe um método perfeito para achar o emprego dos sonhos, o que existe é a vontade de ir atrás daquilo que ama fazer e fazer com paixão. O que existe é a persistência, determinação e boa vontade para ouvir milhões de NÃO's na sua cara.


Apesar de um tema legal, o filme não trouxe nada de novo. Sempre as mesmas ideias de que o segredo é acreditar e que não existe contos de fadas. Não sei se teria como revolucionar nesse tema, porém acredito que deixou a desejar. Fiquei esperando por algo mais interessante, sabe?

Quanto aos personagens, não me apeguei à nenhum específico. Os amigos de Will não chamaram a atenção. E o relacionamento entre Will e Jillian não me convenceu, não tinha química, sei lá. E o personagens que coloquei grandes expectativas foi o que mais me desapontou. Não entendi o que o Bryan Cranston estava fazendo ali no meio disso tudo. E outra, a ideia de amizade entre pai e filho que o filme tentou passar também não colou.


Ai, sei lá, talvez eu não estivesse no clima certo para o filme, mas ele não funcionou comigo. O filme tem algumas partes bem engraçadas, que valem a pena a risada, mas são poucos. "Get a Job" vale pela reflexão que está na hora de acordar para a vida e começar e ir atrás do que deseja, nem que para isso você precise levar muitos "tapas" na cara.  Vale algumas pipocas, mas não assista com grandes expectativas.




 Título: Get a Job
Ano: 2016
Duração: 83 minutos
Direção: Dylan Kidd 


Créditos das imagens
Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são sempre bem vindos e ajudam no feedback do blog ♥
Comentário com conteúdo de baixo calão ou preconceituoso, serão excluídos.