2 de novembro de 2016

Geek Love: O manual do amor nerd - Eric Smith

Hey!

Na última semana de Outubro eu fiquei totalmente inútil, não me dediquei direito a nada, eu tinha tanta coisas para fazer e não consegui fazer nada, mas espero que Novembro seja diferente, e pra isso vamos começar o mês com uma resenha de um livro bem divertido.


A vida de um nerd pode ser muito mais que jogos, amigos incríveis, conversas até de madrugada sobre realidades alternativas ou até mesmo o simples prazer de ler aquele lançamento de quadrinhos. Pode ser tudo isso, no modo single player ou não, e é por esse caminho que Eric Smith guia o leitor, no incrível mundo do romance geek.

Olhando para o título e a capa do livro você pode pensar "Hmm, é mais um livro nerd que ninguém vai entender nada!", mas engana-se quem pensa assim, fora todas as referências (você pode superá-las, eu mesma ficava perdida em algumas delas) esse é um livro divertido e verdadeiro, que vai aproximar o leitor de um mundo do namoro que é cheio de tecnologias e "barreiras" que anos atrás não existiam. 
"Então, antes de começarmos a falar de namoro, vamos falar de você. Vamos avaliar suas forças e fraquezas, descobrir onde, no reino do namoro, deve fincar sua bandeira e - pois este capítulo é para você aumentar sua autoconfiança para o nível John Constantine - vamos usar todas essas características para transformá-lo em uma máquina incrível e implacável dos relacionamentos." pág 17

Em cada capítulo Eric vai guiando o leitor através de situações para conquistar uma namorada/namorado, o livro tem várias partes feitas especialmente para as garotas nerds, mas várias lições podem ser tiradas e "ajustadas" conforme o gênero. Como não é uma história linear, o livro pode ser lido de qualquer forma, tanto seguindo a sequência de capítulos quanto pulando para as partes que mais interessam.
"No episódio de Big Bang Theory ' The Vengeance Formulation', Howard Wolowitz confessa que ele pensou que ficaria com alguém mais parecido com a Megan Fox do Transformers ou a Katee 'Starbuck' Sackhoff do Battlestar Galactica do que Bernadette, sua atual namorada. Mais tarde, uma versão fantasiosa de Sackhoff explica que o namorado real dela é alto, bonitão e rico, que Howard deveria ficar com uma garota maravilhosa como a Bernadette, que gosta dele, em vez de perder tempo fantasiando.
Howard aprende uma lição valiosa que beneficia a todos nós: comparar potenciais pretendentes com um padrão impossível dos sonhos pode fazer você perder algo incrível que está bem na sua frente." pág 36
Além dos capítulos tem algumas páginas bônus, que contam com dicas extras sobre o assunto abordado no capítulo em questão. 


A proposta do livro não é ditar um jeito absoluto de como levar um relacionamento, e sim dar dicas de como solucionar e agir em situações que são gerais em interações humanas amorosas, enfrentar a timidez, encontrar o seu modo próprio de se tornar um namorado em potencial, e não agir como outra pessoa. Portanto seja você mesmo, seja original, o problema não está em se inspirar e sim assumir uma personalidade que não é sua.

Essa foi uma leitura divertida e muito fluída, além da identificação em vários pontos, revi coisas que eu poderia incrementar no meu próprio relacionamento (sim, tem um capítulo dedicado ao namoro avançado); uma leitura informativa e divertida ao mesmo tempo, na verdade essas duas palavras andam junto ao longo de toda leitura. Para os nerds/geeks aproveitem a leitura, aos não nerds/geeks dêem uma chance e descubram como esse mundo pode ser divertido e mais parecido com você do que imagina.





ISBN: 9788573129557
Ano: 2013
Páginas: 208
Editora: Editora Gente
Nota: 5/5

Love,kisses & rockets
Créditos das imagens
Fotografia e edição por Amanda Prado | Fontes por DaFont

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são sempre bem vindos e ajudam no feedback do blog ♥
Comentário com conteúdo de baixo calão ou preconceituoso, serão excluídos.