Em Animação Filmes Resenha

A ganha-pão (The Breadwinner, 2017)


Hey!


Hoje eu vim falar do filme A ganha-pão, eu vi esse filme no fim de semana, e adorei tanto que não tinha como não vir falar dele aqui no blog, e fazer as pessoas conhecerem essa animação maravilhosa, que está disponível na Netflix.

A história do filme é sobre Parvana, uma jovem que vive em um Afeganistão governado pelas forças do Talibã. Quando seu pai é preso de maneira injusta, ela precisa se disfarçar como um menino para trabalhar e garantir o sustento de sua família.

Tive conhecimento desse filme por acaso, estava procurando algo para ver no sábado a noite, e essa animação apareceu logo que abri meu Netflix, dei uma olhada rápida pela sinopse e me interessei, e assim que comecei a assistir, mergulhei completamente numa história incrível, envolvente, triste e muito realista, essa animação aborda os temas de forma tão forte e sincera, mas com uma delicadeza feminina sem igual. A personagem principal é maravilhosa, muito forte e determinada, ela não mede esforços para manter sua família e procurar o pai e trazê-lo para casa novamente.

A família toda, apesar das dificuldades é bem unida e nota-se o quanto eles se amam, e se protegem, os ensinamentos dos pais são muito bonitos, e ao longo de todo o filme, acompanhamos além da família, uma história que o pai contou, e a garota conta ao irmão mais novo, sobre um jovem que passa por diversas dificuldades para recuperar algo importante para seu povo; e é muito bonito a forma como essas duas histórias se entrelaçam do começo ao fim do filme.


O traço da animação é muito bonito, rico em detalhes tanto de seus personagens, quanto das paisagens e cenários do filme, as cores utilizadas também combinam perfeitamente com a ambientação de sofrimento e pobreza retratados na animação, com alguns pontos de cores para destacar coisas importantes, como os olhos de Parvana, o lenço que ela e sua irmã usam, a burca que é azul e da um destaque muito forte em relação as crenças de que a mulher não pode atrair atenção para si. E em contraste com as cores mais neutras e terrosas, temos muita cor quando passamos a ver a história que Parvana conta a seu irmão menor Zaki, com um traço diferenciado que também é muito bonito.

É um filme bem forte, os temas abordados são bem atuais e toda a história da família, e suas dificuldades são tão palpáveis, que é quase impossível não se emocionar e se encantar com personagens que são fortes mesmo passando pelas mais diversas dificuldades como a fome, casamentos forçados, sexismo, violência, e guerra. 





















Título Original: The Breadwinner
Ano de produção: 2017
Distribuidor: Netflix
Diretora: Nora Twomey
Nota: 5/5

Love,kisses & rockets
Créditos das imagens
Edição da capa por Amanda Prado | Fontes por DaFont | Imagens do filme por Google e Tumblr

Related Articles

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários são sempre bem vindos e ajudam no feedback do blog ♥
Comentário com conteúdo de baixo calão ou preconceituoso, serão excluídos.